28/06/10

Procurei-te um dia
Numa busca incansável
Encontrei-te por magia
Num lugar inimaginável.


Ao pé de ti sou uma criança
A tua alma comprova isso
Porque essa grande confiança
Desfaz esse feitiço.


Porque as crianças são alegres
Independentemente do motivo
Mas por serem rebeldes
Desconhecem a palavra “amigo”


“Amigo” no seu verdadeiro e sincero sentido
Aquele que se pode confiar
Mas lê o que te tenho dito
Sou alguém com quem podes contar


Não é fruto do momento
Da razão ou inspiração
É um verdadeiro sentimento
Pelo qual tenho muita consideração.




Para quem é digno de ser chamado de amigo :D

Cheguei tarde

Cheguei tarde para ver
Aquilo que eu queria
Nunca fiquei a saber
Se era tudo o que eu podia.


A desilusão invadiu-me,
Tornando-me amargurada
Porque a vida desiludiu-me
Deixando-me totalmente marcada,


Marcada por uma dor que carrego
Impregnada dentro de mim
E que por ela navego
Nesta escuridão sem fim.


Ela não se desvanece
Insistindo em ficar
Ela sabe que me desfavorece
Por tanto me mutilar.

Uma Marca

Tenho uma marca dentro de mim
Uma marca que jorra sangue vermelho e quente
Quente como a chama que me queima sem fim
Mas que de repente,
E que me impede de dizer o grandioso sim
Á réstia de vida que inocentemente
Brota dentro deste ser que vive dentro de mim.


Já é tarde para morrer
Porque a vida me ensinou
Que se soubermos viver
A mágoa será uma página que se virou
E que por tanto querer vencer
Só por si já se alterou.


Essa marca persiste em ficar
Dentro deste triste ser
Mas há-de me continuar
A ensinar o significado da palavra crescer
Que de tanto lutar
No fim não irá ceder.


Porque a vida é surreal demais
Para não a conseguirmos compreender
Basta não sermos iguais
Para ela nos fazer ver
Que somos meros mortais.

12/06/10

Palavras,
Não são simples conjuntos de letras.
Conjuntos que se ligam e formam frases.
Sejam selas simples ou compostas.


São palavras,
Que por mais simples que sejam
Demonstram a sua colossal complexidade.


Elas marcam, ferem, curam.
Mas o que seriamos nós sem as palavras?


Seriamos seres ainda mais vazios do que somos.
Porque são as palavras que nos dão vida


Mas ao darem-nos a vida também têm o poder
de nos retirar aquilo a que a palavra chamou de
Vida.


E isto porque?


Porque as palavras são mais que simples letras e sons.
São expressões que nos definem como seres.
Perfeitos ou não,
Mas como as palavras nos definem: Humanos

11/06/10

"Melhor escrever para si mesmo e não ter público do que escrever para o público e não ter a si mesmo". - Cyril Connolly

08/06/10

Garra de leoa

Irmã mais nova
que não vi crescer
Mas que a minha alma aprova
que estejamos juntas a aprender


Vives o dia-a-dia
Sem nunca desistir
Tens contigo uma eterna alegria
E estás sempre pronta a sorrir


Garra de leoa
Como a mana do coração
Entrego-te a coroa
Que simboliza a nossa união


Apoio nas nossas vidas reais
Torna-nos fortes
Não te dou nada de mais
Mas espero que gostes




Da minha irmã adoptada a Ana Raquel Frade para a minha pessoa!
Obrigado por seres quem és e o que significas para mim!
A calma
É o reflexo da tua alma
A ânsia
Demonstra o poder da arrogância


Querer
É fundamental para aprender
Agir
Mostra a tua vontade de fugir


A revolta
Possui a raiva que gira á tua volta
A dor
Sem ela não sabes o que é o amor


Crescia
Mas nada evoluía
Chorava
Por saber que me odiava

Chorei

Hoje chorei, nunca gostei de despedidas (não sendo isto considerado uma despedida) e assim muito menos. Nunca tal coisa me tinha acontecido. Chorei e não me importei de ter chorado, choraria outra e outra vez, porque estas lágrimas estavam carregadas de um puro sentimento. Porque chorar é um dom, tal como rir é uma virtude. E eu choro, embora prefira muito mais rir. Mas chorar por algo que realmente vale a pena é sempre melhor.


Não existem palavras para descrever este dia. 10ºD para sempre :D

07/06/10

Prometes?

Prometes?
A mim que te peço
Que não me esqueces
E esperes pelo meu regresso.


Espero pela resposta
E digo sem vaidade
Com a mala já reposta
Vou sentir muita saudade.


Para a partida ainda falta
Muito tempo até chegar
Simplesmente ainda falta
Muito para eu regressar


As minhas arrogâncias foram perdoadas
Com um grande alívio para mim
Já só restam as mágoas
De te ter feito ficar assim.


Vou partir e regressar
Isso posso prometer
Mas quero avisar
Que nunca te irei esquecer




Para todos aqueles que merecem realmente serem chamados de Amigos.

06/06/10

SIC: - O que é que fazias pela Selecção?


DH: - Nada. Ela nunca fez nada por mim

04/06/10

Os Bibelots

Os bibelots são fundamentais porque sem eles as tias não sobreviveriam.
Ah e tal, tu casas e os parentes antiquíssimos estampam-te com colecções inteiras de porcelana dos chineses.
Possuem vários nomes fofinhos: as mini coisinhas de porcelana que os putos adoram partir; a quinquilharia; as peças foleiras que as tias têm em todo o lado e \ ou as coisas que atafulham os armários e deixam tudo cheio de pó.
E depois os seres alérgicos que se lixem, ainda há aqueles banhados a dourado, fantásticos, quando oferecemos às tias elas choram e apertam-nos as bochechas até inchar.
Quando se parte um bibelot, as tias choram e esperneiam até que alguma alma caridosa lhes dar outro.
São peças modernas de colecção, encontram-se facilmente e vendem-se por menos de 0,50€. Os meus favoritos são os Bibelots do palhaço Pierrot. São tão bonitos!
Os meus favoritos são aquelas réplicas de casinhas onde quando se parte um bocado, nós fazemos a festa.
Eu acho que os bibelots são fixes e foleiros.
Eu acho que os bibelots são das coisas mais foleiras que existem á face da terra, mas são fixes para oferecer quando não temos ideias melhores.
Pois… É capaz, se calhar vou-me especializar em arte bibelótica.




Autoria: Diana Hilário & Rafaela Ferreira (Anjie & Mozie)


Porque as nossas aulas de Geografia são feitas de teorias, desenhos e muita escrita :D