10/02/10

Eu agora sou um nada

Sinto-me um nada, que procura por tudo mas que só encontra o nada. Sinto-me oca por dentro, com um vazio do tamanho do universo. O que eu via como tudo agora está transformado num gigantesco nada. Vejo-me neste estado e sinto-me impotente, não consigo agir porque tenho de parar para reflectir. Á minha volta vejo ódio, revolta, tristeza e solidão. Só me consigo ver a mim e ao meu vazio. Estarei a tornar-me egocêntrica? Não, isto é simplesmente a minha racionalidade a desaparecer. Quero, preciso e tenho de mudar. Não tenho nem quero ter nenhum problema serio. O único problema aqui sou eu! Eu é que tenho de mudar, eu é que preciso de mudar. Tenho-me esforçado para tal, mas não tenho força suficiente para isso.

1 comentário:

Dark_Angel11 disse...

Começo por dizer que não gosto que te sintas assim, tu já sabes o que penso em relação a estes sentimentos que tens dentro de ti...
Seguindo...quem não se acha nada na maioria das vezes é tudo ou muito para várias pessoas.
O querer mudar pode ser bom e pode ser mau, mudar por completo é algo imposivel e que nem devemos de tentar o que somos é o que sempre seremos, existem apenas pequenas coisas que podemos mudar ou adaptar da melhor maneira para que essas mudanças não afectem o que somos e como somos e que apenas veja trazer melhorias para a nossa vida...
Tu não´és o problema aqui, a tua maneira de pensar é que faz com que aches isso e que te sintas assim...
Fica bem miúda...Cuida-te
Beijos****